top of page

PAÍSES ESPERAM AUMENTAR COMÉRCIO COM CEARÁ

O Ceará exportou neste ano cerca de US$ 17 milhões para os 21 países da liga árabe e importou cerca de US$ 850 mil no acumulado do ano, até setembro. Nos próximos anos, a expectativa é aumentar em pelo menos 30% os atuais volumes de negócios, de acordo com Michel Alaby, diretor da Câmara de Comércio Árabe Brasileira.

Ele está no Ceará onde participa do Seminário Oportunidades de Negócios e Investimentos entre o Ceará e Países da Liga Árabe, que será realizado hoje na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec).

Michel destacou que as metas são ainda mais ousadas a médio e longo prazo. A partir de novos acordos comerciais que podem ser fechados depois do seminário, a expectativa é alcançar entre US$ 40 e US$ 45 milhões anuais nas exportações do Ceará e entre US$ 4 e US% 5 milhões de importação.

“É uma visita em que os embaixadores árabes vão visualizar as oportunidades em termos de negócios e os empresários locais vão conhecer as potencialidades dos países da liga árabe”, destacou Michel Alaby.

Interessa aos países árabes o comércio de frutas, castanha, têxtil, calçados, metalurgia e o turismo, de acordo com Michel. Ele disse ainda que os embaixadores deverão conhecer mais sobre energia eólica e solar.

Já os produtos dos países árabes que estão na importação do Ceará são petroquímicos, algodão, azeite de oliva, vidros pata a indústria de construção, fertilizantes, alimentos. O Ceará já importa algodão do Egito. Importava também gás do Catar, mas mudou o fornecedor.

As embaixadas confirmadas são: Palestina, Sudão, Argélia, Omã, Catar, Egito, Líbano, Marrocos, Tunísia, Kuwait, Jordânia, Líbia, Mauritânia, Arábia Saudita, Liga Árabe e Bahrein. Iraque não confirmou. Iêmen, Somália, Djibouti e Comores não devem mandar representante, de acordo com Michel.

Os embaixadores foram recebidos ontem pelo governador Cid Gomes, no Palácio da Abolição. Na ocasião o Governador fez uma explanação sobre a instalação da Refinaria Premium II, no Pecém, e da Linha Leste do Metrô de Fortaleza.

Eles também conheceram experiências voltadas para o setor energético, como os parques eólicos e a Usina Solar de Tauá. O Centro de Eventos do Ceará (CEC) também foi apresentado ao grupo.

Comércio exterior

Os principais Países de Destino das Exportações do Ceará são Emirados Árabes, Líbano, Arábia Saudita, Kuwait e Tunísia. Já as importações vêm primordialmente de Catar (Qatar), Arábia Saudita, Egito, Marrocos e Jordânia, de acordo com dados do Centro Internacional de Negócios (CIN) da Fiec.

Já os principais países de destino das exportações são Arábia Saudita, Emirados Árabes, Egito, Argélia e Omã. As importações são da Arábia Saudita, Argélia, Marrocos, Kuwait e Iraque.

Fonte: Jornal O Povo

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

GOVERNO REDUZ IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO DE VÁRIOS PRODUTOS

Produtos como arroz, feijão, carne e massas fazem parte da lista. O governo federal decidiu pela redução de 10% nas alíquotas do imposto de importação sobre vários produtos. O objetivo é, segundo o Mi

Comentarios


bottom of page