top of page

FLUXO CAMBIAL FECHA 2014 COM SALDO NEGATIVO DE US$ 9,2 BI

Os investidores estrangeiros retiraram do País um total de US$ 9,827 bilhões em 2014, ano marcado pela instabilidade eleitoral e pela aversão internacional ao risco de países emergentes. O pior resultado da conta do chamado fluxo cambial veio do segmento financeiro, que inclui as aplicações em ações e títulos de renda fixa no Brasil.

O saldo resulta de uma saída líquida de US$ 13,424 bi da conta financeira e de um superávit de US$ 4,137 bilhões da conta comercial – recursos para financiar o comércio exterior, com adiantamento de créditos, entre outros instrumentos.

Segundo o Banco Central (BC), o resultado de 2014 é inferior à saída líquida de US$ 12,261 bilhões registrada em 2013, e foi impactado pelo saldo negativo de US$ 14,050 bi registrado em dezembro, o pior resultado para o mês da série histórica e maior saída de recursos desde setembro de 1998 (US$ 18,919 bi). Em dezembro, houve saída líquida de US$ 14,542 bilhões da conta financeira e um superávit de US$ 492 milhões na conta comercial.

REFLEXOS

O ano de 2015 começa com fluxo cambial negativo também, poios no dia 2 de janeiro foi negativo em US$ 1,087 bilhão, resultado de um déficit de US$ 50 milhões na conta comercial e de uma saída líquida de US$ 1,037 bi da conta financeira. O saldo cambial no último mês do ano costuma ser negativo, devido à concentração do envio de remessas de lucro e dividendos para o exterior.

O BC voltou a realizar leilões de linha de dólar com compromisso de recompra, tendo liquidado a venda de US$ 10,3 bilhões em dezembro. Isso para dar liquidez aos agentes de mercado e aumentar a oferta da moeda americana no mercado à vista. Em dezembro, o BC realizou nove leilões de linha de dólar, tendo ofertado ao mercado um total de US$ 13 bi. Com o saldo negativo de dezembro, os bancos tiveram que prover dólares ao mercado, aumentando a posição vendida no mercado à vista e registrando o maior volume da série histórica do BC, desde 1994, ao passar de US$ 13,985 bi, em novembro, para US$ 28,261 bilhões em dezembro.

COTAÇÃO

Depois operar em queda durante a maior parte da sessão de ontem, chegando a registrar um recuo de mais de 1% pela manhã, o dólar acabou fechando a cotação perto da estabilidade. A moeda norte-americana subiu 0,06% e encerrou o dia valendo R$ 2,7035 na venda.

Fonte: O Estado do Ceará

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

GOVERNO REDUZ IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO DE VÁRIOS PRODUTOS

Produtos como arroz, feijão, carne e massas fazem parte da lista. O governo federal decidiu pela redução de 10% nas alíquotas do imposto de importação sobre vários produtos. O objetivo é, segundo o Mi

Comments


bottom of page