top of page

EXPORTAÇÃO SIMPLIFICADA PELOS CORREIOS SALTA 60% NO CEARÁ

A Diretoria Regional dos Correios do Ceará (DR/CE) obteve crescimento de 60% no 1º semestre de 2014 nas vendas de serviços no segmento internacional, gerando uma receita de R$ 887.694,00. O valor apurado em igual período do ano passado foi R$ 545.409,48, fazendo do Ceará o estado brasileiro onde os Correios mais obteve lucro por meio da exportação simplificada de produtos de micros e pequenas empresas.

Para alavancar ainda mais a atividade, a empresa anuncia a implantação do programa Exporta Ceará, ainda em execução, mas que promete ajudar empreendedores locais a vender para o mercado externo.

A expectativa é que o programa comece a ser executado até o fim deste ano, com o apoio da Comissão de Comércio Exterior (CCE), cujas ações são coordenadas pelas seguintes instituições: Correios, Banco do Brasil (BB), Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Governo do Estado do Ceará, Instituto Agropolos, Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas do Estado do Ceará (Sebrae/CE) e Universidade de Fortaleza (Unifor).

Meta superada

O resultado alcançado ultrapassa a meta estabelecida pelos Correios para o segmento no Estado, que foi crescer 35% ante os primeiros seis meses de 2013. Foi projetado um incremento de R$ 208.005,43 na receita, mas as vendas superaram em R$ 342 mil o alcançado em igual período do ano passado.

De acordo com o analista de Correios sênior, João Eduardo Hass, esse aumento foi fruto dos esforços empreendidos pelas equipes de atendimento das agências e das ações promovidas pelo Grupo de Trabalho Regional, a exemplo do diagnóstico da participação do segmento internacional na receita da DR/CE, avaliação das principais ações do plano de trabalho e proposições de medidas para atingir os desafios propostos.

Conforme explica, no Brasil, o faturamento dos Correios com serviços ligados a exportações cresceu apenas 2%, índice bem abaixo do desempenho no Ceará e que foi puxado sobretudo pelas regiões Norte e Nordeste. João Eduardo diz que estados como São Paulo e Rio de Janeiro registraram déficit no primeiro semestre de 2014.

"Já esperávamos um crescimento bom, considerando o trabalho que começou a ser feito desde o ano passado, principalmente, para o período da Copa do Mundo. Mas nossa expectativa foi superada", comemora.

Divulgação

Além de destacar o trabalho da DR/CE, João Eduardo também chama a atenção para o apoio da Comissão de Comércio Exterior no sentido de divulgar informações e orientar os empresários cearenses a exportar.

Como exemplo, o gestor cita o treinamento gratuito com técnicos dos Correios, em que os empreendedores têm a oportunidade de ampliar seus conhecimentos em relação à logística de exportação. "Falamos dos instrumentos necessários para exportar, sobre os financiamentos existentes, das exigências dos países importadores, dentre outros assuntos. Mas precisamos divulgar ainda mais esse serviço aos empreendedores", afirma.

João Eduardo acredita que o cenário continua propício para a continuidade desse crescimento. Isso por conta da exposição do Ceará e principalmente de Fortaleza durante a Copa do Mundo. Na opinião dele, os empresários locais vão procurar entrar no mercado internacional e utilizar os serviços dos Correios para exportar, gerando ainda mais receita para a empresa. "Embora em menor proporção, nossa receita com serviços de exportação terá crescimento contínuo no Ceará, tendo em vista as ações em andamento e as que serão executadas para estimular os empreendedores".

Participação

Nesse sentido, de amanhã até sábado próximo a equipe da Gerência de Vendas (Geven) dos Correios estará presente na Feira do Empreendedor, promovida pelo Sebrae/CE em Fortaleza, promovendo palestras e atendendo os empresários locais no stand da empresa.

Uma das apresentações irá abordar o tema "Como exportar de maneira simplificada pelos Correios", no dia 8. A empresa estima atender dezenas de micros e pequenos empreendedores que desejam utilizar os serviços dos Correios para ampliar seus negócios.

Para quem deseja ter seu negócio

De amanhã até o próximo sábado, dia 9 de agosto, o Centro de Eventos do Ceará (CEC) receberá a 6ª edição da Feira do Empreendedor, voltada para quem sonha em ter o próprio negócio e para quem já possui uma empresa e deseja crescer. O evento contará com 165 expositores e 377 palestras e oficinas. O público estimado é de 50 mil visitantes ,e a expectativa é realizar 65 mil atendimentos, capacitando 20 mil pessoas e disponibilizando 29.700 orientações técnicas.

A missão do evento é promover o encontro entre o empreendedor, a oportunidade e o conhecimento, reunindo em um mesmo espaço informações sobre abertura de empresas, tecnologia, produtos, serviços, cursos e treinamentos direcionados para o desenvolvimento e estímulo à cultura empreendedora.

A Feira do Empreendedor é realizada de dois em dois anos e, nesta edição, traz o tema "Espetáculo dos Negócios". A ideia é mostrar como é possível usar a criatividade para empreender e superar as adversidades, característica particular do empreendedor cearense. A feira será composta por diversos ambientes, divididos no espaço de atendimento, cenários e tendências de mercado, inovação e tecnologia, negócios sustentáveis, economia criativa e educação empreendedora.

Fonte: O Diário do Nordeste

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

GOVERNO REDUZ IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO DE VÁRIOS PRODUTOS

Produtos como arroz, feijão, carne e massas fazem parte da lista. O governo federal decidiu pela redução de 10% nas alíquotas do imposto de importação sobre vários produtos. O objetivo é, segundo o Mi

Comments


bottom of page