top of page

ENEVA OBTÉM R$ 100 MI PARA FINANCIAR PECÉM II

A Eneva informou, na última terça-feira (21), que os bancos BTG Pactual, Citibank, HSBC Bank Brasil e Itaú Unibanco desembolsaram R$ 100 milhões em empréstimo-ponte de curto prazo para o financiamento de longo prazo de Pecém II, operação que havia sido anunciada pela companhia em 12 de maio.

A Eneva também comunicou que, no contexto da primeira fase do aumento de capital anunciado ao mercado através de Fato Relevante em 12 de maio de 2014, a E.ON subscreveu e pagou 94.456.108 (noventa e quatro milhões, quatrocentos e cinquenta e seis mil, cento e oito) novas ações ordinárias da ENEVA, totalizando R$120 milhões.

No dia 12, a Eneva anunciou a venda da Pecém II, usina térmica com capacidade instalada de 365 MW, sediada no município de São Gonçalo do Amarante. A unidade, que começou a funcionar no fim do ano passado, atualmente opera com a capacidade total e pode abastecer cerca de 1,7 milhão de residências, o que equivale a 2,4 vezes o consumo residencial de Fortaleza.

Na ocasião, a assessoria de comunicação da Eneva informou que a usina está sendo ofertada a preço de mercado e o valor final depende das negociações, mas a E.ON, uma das acionistas controladoras do grupo, assegurou a compra de 50% da Pecém II até o limite de R$ 400 milhões, no caso de não haver propostas que ultrapassem esse limite. Credores

Os bancos BTG Pactual e Itaú BBA são, atualmente, credores de R$ 1,2 bilhão da Eneva, devendo ser afetados com o aumento de capital e a reestruturação das dívidas da companhia.

Fonte: O Diário do Nordeste

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

GOVERNO REDUZ IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO DE VÁRIOS PRODUTOS

Produtos como arroz, feijão, carne e massas fazem parte da lista. O governo federal decidiu pela redução de 10% nas alíquotas do imposto de importação sobre vários produtos. O objetivo é, segundo o Mi

Comments


bottom of page