top of page

CEARÁ DEVERÁ EXPORTAR US$ 120 MI EM FRUTAS

A exportação de frutas produzidas no Ceará, este ano, deverá chegar a US$ 120 milhões, um resultado bastante significativo. A previsão é do presidente do Instituto Frutal, empresário Euvaldo Bringel, lembrando que, no ano passado, a exportação foi na faixa de US$ 117 milhões. Segundo ele, neste ano, o crescimento do setor só não vai ser maior, porque o inverno ainda está sendo considerado irregular.

Ele reconhece que o setor está sempre crescente, embora em um ritmo não muito acelerado, precisando da chegada da transposição das águas do Rio São Francisco, no ano que vem, para que a irrigação avance de acordo com as necessidades. Ele informou, ainda, que esteve na comitiva da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), em Jati, quando comprovou que a transposição continua crescente, com cerca de dez mil homens trabalhando.

CINTURÃO DAS ÁGUAS

Quando a água da transposição chegar ao Ceará, recebida em Jati pelo Cinturão das Águas, segundo ele, a produção de frutas vai aumentar de maneira considerável, podendo a exportação chegar a cerca de US$ 200 milhões. “Depois que comprovei em Jati o crescimento da transposição, dá para acreditar que a água do rio São Francisco vai chegar ao Ceará em 2015”, arriscou Bringel.

O presidente da Frutal informou que na próxima segunda-feira, às 8h30, acontecerá a reunião do Comitê Setorial da Fruticultura, na Agência de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Adece). Na oportunidade, vai haver uma palestra da Dra. Heloísa Dutra, que é PHD pela Universidade da Califórnia e professora da Universidade de Brasília, para falar sobre toxicologia dos alimentos.

A palestra mostrará o perigo da utilização de defensivos agrícolas (agrotóxicos) em fruticultura e horticultura. Na mesma reunião, segundo ele, vai ser feito o lançamento do Seminário Internacional de Frutas e Hortaliças, Alimentos Seguros e Saudáveis. O evento vai acontecer nos dias 23 e 24 de setembro próximo, em local ainda a ser definido pelos organizadores. (Com informações de Tarcísio Colares).

Fonte: O Estado do Ceará

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

GOVERNO REDUZ IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO DE VÁRIOS PRODUTOS

Produtos como arroz, feijão, carne e massas fazem parte da lista. O governo federal decidiu pela redução de 10% nas alíquotas do imposto de importação sobre vários produtos. O objetivo é, segundo o Mi

Comments


bottom of page