top of page

Brasil tem uma das mais baixas taxas de integração no comércio internacional, diz OMC

O Brasil não conseguiu se inserir nas grandes cadeias de produção no mundo da mesma forma que os demais emergentes e pode ter perdido um momento crítico para o desenvolvimento e crescimento nos últimos dez anos.

Para tirar real proveito da globalização e gerar crescimento a partir do comércio, o Brasil terá de ter 40% de suas empresas envolvidas no comércio internacional.

Os dados foram apresentados nesta segunda-feira, 20, na Organização Mundial do Comércio (OMC), que destaca que as economias emergentes já são responsáveis por 60% do fornecimento de produtos intermediários, o que revela que estão bem integrados nas cadeias produtivas mundiais.

Fonte: Aduaneiras

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page